25/05/12

Comunicado | Atlantic Aquatic Resource Conservation - Projecto pretende preservar ecossistemas ribeirinhos na região do Dão, Lafões e Alto Paiva


AARC – Atlantic Aquatic Resource Conservation
Projecto pretende preservar ecossistemas ribeirinhos na região do Dão, Lafões e Alto Paiva

A ADDLAP – Associação de Desenvolvimento do Dão, Lafões e Alto Paiva é um dos parceiros europeus no projeto AARC -Atlantic Aquatic Resource Conservation, Conservação dos Recursos Aquáticos do Atlântico, o qual pretende conceber e aplicar estratégias de gestão integrada de recursos hídricos. A Quercus e a Escola Superior Agrária de Viseu/ IPV colaboram na execução de algumas das acções previstas.
Em Portugal, um dos espaços a intervir é a bacia hidrográfica do Rio Vouga, na área coincidente com os cinco concelhos da área de abrangência da ADDLAP: Viseu, Vila Nova de Paiva, São Pedro do Sul, Vouzela e Oliveira de Frades.
Neste território pretende-se efectuar uma caracterização das comunidades aquáticas da bacia do Vouga, em particular das populações de peixes e definir estratégias para a exploração dos recursos piscícolas, mediante a definição não só de programas de recuperação e valorização dos ecossistemas ribeirinhos, como também da reabilitação das populações piscícolas com interesse económico para a região. No projecto, a componente de sensibilização ambiental terá um papel fulcral, com a concepção de um programa de educação para a sustentabilidade, com enfoque, na preservação das espécies migradoras e dos seus habitats, o qual será promovido junto das escolas da área de intervenção da ADDLAP e junto dos utilizadores dos cursos de água, em especial os pescadores, prevendo-se que os resultados desta experiência possam vir a ser replicados a nível nacional.
O que é o AARC?
Este é um projecto desenvolvido por vários parceiros no Espaço Atlântico, cujo temas centrais do projecto dizem respeito à gestão integrada dos recursos hídricos, bem como à associação da protecção dos recursos a um desenvolvimento económico sustentável, aplicando um modelo de Pagamento dos Serviços dos Ecossistemas, de acordo com as recomendações do Millennium Ecosystem Assessment e da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (sigla em inglês IUCN).
Após uma primeira fase que consistiu essencialmente na caracterização das comunidades aquáticas da bacia do Vouga e das sub-bacias do Paiva e do Dão e da avaliação do grau de perturbação a que estão sujeitos os cursos de água da região, trabalho que foi levado a cabo pela Escola Superior Agrária de Viseu/ IPV o projeto entra agora numa fase decisiva com a realização de iniciativas de sensibilização junto das comunidades locais, em particular junto de alunos e professores das escolas da região. As acções previstas para os meses de Maio e Junho são:
23 e 25 de Maio, mês de Junho | Viseu
Local: Rio Pavia – Parque Linear, Rio Dão – Alcafache e Rio Vouga, pelas 09:30 horas.
Destinatários: Escola Secundário de Viriato, entre outras e público em geral

28 – Maio e 11 Junho | Vouzela
Local: Rio Alfusqueiro, na Freguesia de Cambra, pelas 14:15 Horas, e a Ribeira de Ribamá, na Freguesia de Fataunços, pelas 14:15 Horas.
Destinatários: Escola Secundária de Vouzela, Escolas Profissionais, público em geral

31 – Maio | São Pedro do Sul
Local: Auditório Rainha Dona Amélia – 15:00 Horas - Termas São Pedro do Sul, local próximo de pesca
Destinatários: Escolas de São Pedro do Sul e público em geral

4 - Junho | Oliveira de Frades
Local: Rio Alfusqueiro, pelas 09:30 Horas
Destinatários: Entidades do concelho de Frades de Frades e público em geral

8 - Junho | Vila Nova Paiva
Local: Rio Paiva, Lugar do Canal, pelas 10:00 Horas.
Destinatários: Escola Secundária de Vila Nova de Paiva e público em geral

O projecto integra ainda um conjunto de tarefas a executar pela Quercus, como a criação de uma rede de micro-reservas biológicas, edição de publicações relacionadas com a temática, nomeadamente um guião de exploração pedagógica para alunos das escolas, a colocação de painéis informativos junto a praias fluviais e a realização de um workshop temático sobre a gestão de sistemas fluviais a realizar em Outubro.
Viseu, 25 de Maio de 2012