01/01/14

Comunicado fim de ano do Núcleo Regional da Guarda da Quercus – A.N.C.N. - Poluição do rio Noéme continua

O ano de 2013 termina sem que as descargas poluentes, bem visíveis, no troço final do rio Diz (afluente do rio Noéme) tenham chegado ao fim.

Recordemos aqui as palavras do ex-presidente da Câmara Municipal da Guarda numa reunião com a Quercus em meados de Abril deste ano “(…) até final de Abril deste ano o problema
estará resolvido (…)”. É caso para perguntar Abril de que ano?

A queixa apresentada junto do SEPNA em Maio teve por parte deste organismo uma resposta imediata, deslocando-se uma equipa ao local das sucessivas descargas e bem conhecido de todos. No entanto o auto encaminhado para a Administração da Região Hidrográfica do Norte, no final de Maio, ainda não obteve até ao momento qualquer resposta. E não foi por falta de insistência. Em Agosto esta entidade foi contactada por telefone ao que responderam que até ao momento estavam a tratar de casos de 2012. Em Outubro foi dirigida à mesma entidade uma carta sem que houvesse resposta até ao momento. É caso para perguntar pode o ambiente continuar à espera?

Em Agosto houve uma tentativa de diálogo com a empresa Tavares. No entanto não chegamos a receber qualquer resposta ao ofício enviado levando-nos a deslocar pessoalmente em Outubro à fábrica e conversar com um dos representantes da fábrica que entretanto acabava de chegar. Foi-nos dito que o problema não é da fábrica mas sim da Câmara Municipal.

Em 2013 foi construída nas imediações da fábrica Tavares uma estação elevatória – aparentemente a solução do problema – no entanto chegados a Dezembro continuamos a ser informados pela empresa Águas do Zêzere e Côa que a estação ainda não está terminada pelo que os efluentes ainda não são encaminhados para a ETAR de S. Miguel para correcto tratamento. É caso para perguntar o que falta?

Que novidades haverá em 2014 do rio Noéme?

Guarda, 30 de Dezembro de 2013

A Direcção do Núcleo Regional da Guarda da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

Contactos: Bruno Almeida – 931 104 568