04/11/12

Comunicado | Quercus apoia novas metas para reciclagem de 70% das embalagens em 2020‏


logo

Quercus apoia novas metas para reciclagem de 70% das embalagens em 2020



As novas metas de reciclagem de embalagens urbanas propostas pela Sociedade Ponto Verde apontam para um valor de 70% em 2020, objetivo este também apoiado pela Quercus.

Este apoio deve-se, por um lado, ao facto de uma maior taxa de reciclagem ter inegáveis vantagens ambientais e sociais, mas também porque esta meta é exequível, tendo em conta o cada vez maior envolvimento da população na recolha seletiva, os novos sistemas de recolha (como o porta-a-porta), assim como as novas tecnologias de triagem de embalagens entre as quais se destaca a do Tratamento Mecânico e Biológico de resíduos urbanos.

A proposta também aponta para a clara existência de metas de reciclagem separadas para as embalagens urbanas (de origem doméstica) e para as não urbanas (de origem industrial ou comercial), posição que a Quercus apoia como forma de tornar todo o processo mais transparente.

Esta proposta está agora a ser avaliada pelo Ministério do Ambiente, no âmbito da renovação da licença da atual entidade gestora de embalagens (Sociedade Ponto Verde) e da eventual atribuição de uma licença a outra entidade.

Para além destas questões, a Quercus também está a acompanhar outros aspetos desta licença, considerando fundamental que, no caso de se licenciar mais do que uma entidade gestora, sejam garantidas condições de concorrência leal entre as entidades, nomeadamente:

- Existência de obrigações iguais, em função da quota de mercado, para a receção por cada entidade gestora das embalagens urbanas e das não urbanas. Evitando-se assim que uma entidade se dedique mais às embalagens não urbanas, as mais fáceis de recolher, e abandone as urbanas.

- Existência de obrigações iguais, em função da quota de mercado, para a receção de embalagens urbanas provenientes das diversas fontes, nomeadamente da recolha seletiva, do tratamento mecânico e biológico e das escórias de incineração (metais).

- Preparação do Estado para auditar todo este sistema, de forma a saber-se com exatidão qual a quantidade de embalagens colocada no mercado pelas empresas e a correspondente quantidade que deve ser gerida por cada entidade. 

Lisboa, 2 de Novembro de 2012

A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza