26/09/12

Comunicado: Falso alarme na barragem do Sabugal

O Núcleo Regional da Guarda da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza vem por este meio emitir o seguinte comunicado a propósito dos indícios de poluição verificada na barragem do Sabugal.
 
No passado mês de agosto fomos alertados por inúmeros cidadãos referindo que a barragem do Sabugal apresentava sinais de espuma nas suas margens constituindo um possível foco de poluição e colocando em risco a saúde pública dado o abastecimento de água para a rede pública que dali provém.
 
No seguimento deste alerta o Núcleo Regional da Guarda da Quercus ANCN contactou inúmeras entidades oficiais, como a Administração da Região Hidrográfica do Norte, a Agência Portuguesa do Ambiente, a Câmara Municipal do Sabugal e a Direção do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA).
 
Foi-nos dito em respostas diferentes que os resultados apurados não demonstram a existência de qualquer problema de poluição de ponha em risco o sistema de abastecimento de água.
 
A Administração da Região Hidrográfica do Norte refere mesmo que a Delegação Concelhia de Saúde do Sabugal esteve no local no dia 21 de agosto constatando a existência de espuma nas margens da albufeira contudo numa forma já residual, espuma esta devida a matéria orgânica existente nas margens, e devido aos níveis da água estarem baixos. Refere ainda que os resultados obtidos encontram-se todos dentro da normalidade sendo de salientar a pesquisa se cianobactérias, a qual foi negativa.
 
Deste modo o Núcleo Regional da Guarda da Quercus ANCN regista o falso alarme verificado na barragem do Sabugal.